O australiano Remy Gardner, líder do Mundial de Moto2, vai ser promovido à categoria principal do motociclismo de velocidade, em 2022, integrando a estrutura da Tech3, equipa ‘satélite’ da KTM, anunciou hoje a ex-formação de Miguel Oliveira.

Gardner, de 23 anos, disputa a competição secundária desde 2016, depois de dois anos na Moto3, tendo como melhor resultado o sexto lugar em 2020. Este ano lidera o campeonato, com 114 pontos, mais seis do que o espanhol Raul Fernandez.

“Estou muito contente que a KTM me tenha dado esta oportunidade, pois é um sonho tornado realidade, para mim e para todos os que trabalhámos até agora. É uma oportunidade incrível e não posso esperar por subir à mota”, afirmou o australiano.

Remy é filho do antigo piloto Wayne Gardner, que competiu na categoria antecessora de MotoGP entre 1983 e 1992, tendo sido o primeiro australiano a sagrar-se campeão do mundo em 500cc, em 1987, antes e depois de ter sido ‘vice’, em 1986 e 1988, atrás do norte-americano Eddie Lawson.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.