A imprensa alemã afirma que Michael Schumacher contraiu, na semana passada, uma infeção pulmonar no hospital em Grenoble, em França, onde está internado, em coma induzido.
O jornal "Bild" avança que o estado de saúde do piloto alemão piorou mas a porta-voz do heptacampeão de Fórmula 1 Sabine Kehm  preferiu não comentar "especulações".
Já lá vão três semanas desde que os médicos iniciaram o processo de saída do coma induzido sem grandes desenvolvimentos clínicos.
Na Alemanha, o estado de saúde de Schumacher já levou vários especialistas a comentar os eventuais cenários, nomeadamente o médico chefe do hospital de Hamburgo, Heinzpeter Moecke, que esta quinta-feira à imprensa alemã que o "estado e Schumacher é muito delicado e que se encontra num estado vegetativo persistente".
Schumacher sofreu um grave acidente de esqui no dia 29 de dezembro de 2013, na estância de Méribel (França).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.