O piloto estónio Ott Tänak (Hyundai) venceu hoje o Rali da Estónia, quarta prova do Mundial - que continua a ser liderado pelo francês Sébastian Ogier - e primeira após a interrupção do campeonato devido à pandemia de covid-19.

A correr em ‘casa’, Tänak, campeão do mundo em título, concluiu a prova em 1:59.53,6 horas, superiorizando-se ao companheiro de equipa, o irlandês Craig Breen, por 22,2 segundos, e a Ogier (Toyota) por 26,9, segundo e terceiro classificados.

Ao terminar no último lugar do pódio, Ogier manteve a liderança do Mundial, com 79 pontos, mais nove do que o vice-campeão e companheiro de equipa, o inglês Elfyn Evans, quarto classificado na Estónia, enquanto Tänak, subiu da quinta para a terceira posição, com 66 pontos, num dia em que se realizaram seis especiais e ainda a ‘power stage’, em Tartu.

O grande derrotado do fim de semana, após seis meses de paragem forçada da competição devido à pandemia, foi o belga Thierry Neuville (Hyundai), que no sábado foi forçado a abandonar, face a um problema na roda traseira direita, na sétima prova especial de classificação.

Depois da Estónia, a ‘caravana’ do Mundial de ralis tem mais três etapas previstas até ao fim do campeonato: Turquia (de 18 a 20 setembro), Itália (de 08 a 11 de outubro) e Bélgica (de 19 a 22 de novembro).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.