Os nadadores Ana Guedes e Alexis Santos admitiram quinta-feira terem ficado surpreendidos com os recordes obtidos nos Nacionais Absolutos/Open de Portugal, que decorrem nas Piscinas Olímpicas do Funchal.

Os dois nadadores referiram que não estavam "à espera", mas ficaram felizes com as novas marcas alcançadas. Ana Guedes, do Ginásio de Vila Real, bateu o recorde dos 50 metros mariposa, com o tempo de 27,00 segundos, e destacou o facto de ser o primeiro da sua carreira em termos absolutos.

"Nadei bem de manhã, mas senti que havia alguns aspetos a melhorar para a final e foi isso que aconteceu. Estou muito feliz por este meu primeiro recorde nacional absoluto, ainda por cima um máximo que pertencia a Sara Oliveira, uma nadadora que era inatingível para mim quando era juvenil e que agora acabei por superar", referiu.

Sara Oliveira, a detentora do anterior registo, de 27,27 segundos, conseguida em Eindhoven, na Holanda, em 07 de abril de 2011, é vista como uma "referência" para Ana Guedes.

Já Alexis Santos salientou as reservas de energia conseguidas do regresso dos Mundiais, que decorreram em julho na Coreia do Sul, para bater o recorde nos 50 metros costas.

"Ainda assim senti-me bem e consegui encontrar energia para superar-me, chegar a este recorde e ajudar o Sporting", afirmou o nadador ‘leonino’, que fez o tempo de 25,42 segundos, superando a anterior marca, que também lhe pertencia de 25,44, obtida igualmente este ano, em 14 de abril, em Oeiras.

Alexis Santos já tem presença garantida nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, depois de conseguir mínimos nos 200 metros estilos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.