Realizou-se este sábado em Cidral e São Pedro de Vir à Corça, Idanha-a-Nova a prova de TempO.

O evento de TempO é o mais inclusivo do Campeonato do Mundo, porque coloca os atletas da classe open e classe paralimpica em igualdade e a classificação é geral.

Da parte da manhã realizou-se a qualificatória em Cidral e da Parte da tarde a final em S.Pedro de Vir-a-corça.

A seleção Nacional alinhou com Inês Domingues, Edgar Domingues, João Pedro Valente e Cláudio Tereso.

Dos 4 representantes Lusos só inês Domingues conseguiu o passaporte para a final ao conseguir a 11ª posição na sua série de qualificação com 334 segundos.

A grande final em S.Pedro de Vir-a-corça consagrou Inês Domingues com a medalha de prata só perdendo para a favorita a Sueca (Marit Wiksell).

A estrela Portuguesa que representa o Clube de Orientação do Centro (Leria) já por duas vezes tinha conseguido diplomas (lugares nos seis primeiros de Europeus e Mundias) na prova de TempO, não desperdiçou a oportunidade de medalha num Mundial em terras Lusas com uma fabulosa medalha de Prata.

Em termos globais o WTOC'19 de Idanha-a-Nova recolheu grandes elogios por parte das 25 delegações internacionais presentes em Portugal e mostra mais uma vez o porquê da Federação Internacional de Orientação continua a confiar em Portugal para a organização de eventos de topo de Orientação.

Resultados:
1ª Marit Wiksell - SWE - 294 segundos
2ª Inês Domingues - POR - 347 segundos
3º Antti Rusanen - FIN - 368 segundos
4º Pavel Ptacek - CZE - 380 segundos
5º Tomas Lestinsky - UKR - 389 segundos

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto