O capitão da seleção portuguesa de râguebi, Tomás Appleton, assumiu hoje a ambição de dar um seguimento vitorioso ao triunfo sobre a Bélgica (23-17), em Lisboa, apontando a nova vitória no sábado, frente à Roménia.

Portugal ficou mais perto da permanência no Europe Championship, com o triunfo sobre os belgas, adversários diretos nesse objetivo, mas o jogador do CDUL assegurou que “o objetivo não está cumprido”.

“Definimos desde o primeiro dia que queríamos ganhar os dois primeiros jogos. Não podemos ficar por aqui. Agora é trabalhar e organizar para tentar ganhar também à Roménia”, assumiu o centro dos ‘lobos’, instantes após consumado o triunfo sobre a Bélgica.

Sobre o desafio de hoje, Appleton concordou que a equipa “quebrou no início da segunda parte”, mas destacou a forma como deu a volta por cima e acabou a dominar os belgas em formações ordenadas perto do final.

“A partir do momento em que erradicámos as faltas, voltámos a tomar conta do jogo. Portugal tem de deixar de ser conhecido como uma equipa com limitações nos avançados”, destacou o ‘capitão’.

Já o selecionador de Portugal, Patrice Lagisquet, reconheceu que a equipa “não esteve bem nos alinhamentos”, mas destacou que foi “forte nas formações espontâneas” e não colocou um travão na ambição revelada pelo capitão.

“Quando entramos em qualquer jogo, temos sempre de pensar em ganhar. Conheço muito bem o espírito desta equipa, a sua vontade, e sabemos que quando temos a bola podemos ser muito fortes”, destacou o treinador francês.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.