O Sporting conquistou hoje pela quarta vez a Supertaça de râguebi feminino, ao bater o Benfica, por 18-5, na final realizada no Jamor, menos de uma semana depois de sagrar-se campeão nacional frente ao mesmo adversário.

Três ensaios de Inês Marques (10, 41 e 65 minutos) e uma penalidade de Isabel Ozório (35) para o Sporting, contra apenas um toque de meta de Sofia Nobre (49), valeram às ‘leoas’ o quarto troféu do seu historial, todos conquistados de forma consecutiva.

A Supertaça colocou frente a frente as campeãs nacionais (Sporting) e as finalistas vencidas da Taça de Portugal (Benfica) da época passada e foi disputada na variante de râguebi de 15 pela primeira vez desde 2012.

Tradicionalmente, a Supertaça abre a temporada de râguebi, mas a edição de 2020 foi disputada apenas agora, após o final do campeonato, devido às medidas de contenção da pandemia de covid-19 que vigoraram nos últimos meses.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.