Diante de um adversário teoricamente mais fraco (Klec é 489.º do ranking mundial), Elias cedeu ao fim de 01:18 horas em court, depois de ser incapaz de converter qualquer “break” e de salvar qualquer quebra de serviço do tenista eslovaco.

A fraca percentagem de pontos ganhos no segundo serviço (apenas 38 por cento) foi crucial para a derrota por 6-3 e 6-2 do português, 225.º classificado do “ranking” ATP, que tinha chegado aos oitavos de final depois de vencer o russo Alexander Kudryavtsev, por 6-4 e 6-3.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.