O tenista português João Sousa vai disputar o Open da Austrália de 2019 e poderá contar com a companhia de Pedro Sousa, que está a três posições de aceder ao quadro principal, segundo a lista divulgada hoje pela organização.

Os primeiros 101 jogadores do ‘ranking’ ATP confirmaram a presença na lista de inscritos da primeira prova do Grand Slam de 2019, na qual surge o vimaranense, 44.º da hierarquia mundial, enquanto Pedro Sousa ocupa a terceira posição na lista de ‘suplentes’, o que significa que bastam três desistências para aceder à principal grelha da competição.

Depois da estreia em 2017 em Melbourne, onde perdeu na primeira ronda do ‘qualifying’ frente ao egípcio Mohamed Safwat, Pedro Sousa pode, aos 30 anos, tornar-se o segundo português a disputar a próxima edição do Open da Austrália, que decorrerá entre 14 e 27 de janeiro de 2019, em Melbourne Park.

Entre os inscritos destaca-se também o regresso da norte-americana Serena Williams, depois de ter conquistado o título há dois anos e de ter falhado a última edição por ter sido mãe, e do britânico Andy Murray que, apesar da longa ausência no circuito devido a uma lesão na anca, entra com ‘ranking’ protegido (segundo), à semelhança do sérvio Janko Tipsarevic (88º) e do belga Steve Darcis (90º).

A competição masculina contará ainda com a presença de Novak Djokovic, número um mundial, Roger Federer, campeão em título, Rafael Nadal, segundo da hierarquia ATP, enquanto o quadro feminino será liderado pela dinamarquesa Caroline Wozniacki, que vai defender o troféu, e a romena Simona Halep, líder do ‘ranking’ WTA.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.