O tenista português João Sousa avançou hoje para os quartos de final do torneio de São Paulo, ao derrotar o argentino Renzo Olivo, por 6-2 e 6-4, na segunda ronda.

Isento na primeira ronda, o quarto cabeça de série do torneio brasileiro despachou o 92.º jogador mundial em uma hora e 19 minutos.

“Estou contente por poder estar nos quartos de final de um torneio ATP”, assumiu o número um nacional, em declarações à sua assessoria de imprensa, confessando que as condições do torneio brasileiro não são fáceis.

“Há um pouco de altitude, hoje estava muito calor. A verdade é que não é fácil jogar aqui. Depois de um primeiro ‘set’ atípico, em que houve bastantes quebras de serviço, se calhar porque entrei um bocadinho nervoso, consegui jogar a um bom nível. Consegui fazer um ‘break’ no momento crucial do segundo ‘set’ e depois servi muito bem para fechar o encontro. Penso que estive psicologicamente muito bem, muito forte. No capítulo da resposta, estive bastante bem”, analisou o português.

Nos quartos de final, João Sousa, que é o 37.º jogador mundial, vai defrontar o vencedor do encontro entre o também argentino Federico Delbonis e o norueguês Casper Juud.

“Independentemente do meu adversário, vai ser um jogo difícil. O Federico é um jogador que conheço muito bem, defrontei-o há duas semanas, e o Casper é um jogador jovem, com muito talento, que vem com muita confiança depois de vencer encontros aqui no Brasil”, completou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.