O tenista português João Sousa mostrou-se hoje feliz por, finalmente, um encontro renhido ter caído para o seu lado, depois de vencer o francês Benoît Paire na primeira ronda do torneio de Antuérpia.

“Estou muito contente com esta vitória. Depois de ter tido alguns encontros em que perdi no terceiro ‘set’, encontros muito renhidos que caíram para o lado do adversário, hoje finalmente [o triunfo] caiu para o meu lado”, congratulou-se o número um nacional, em declarações à sua assessoria de imprensa.

Depois de ter sido eliminado à primeira nos três torneios anteriores, João Sousa venceu hoje o sétimo cabeça de série do torneio belga e 39.º jogador mundial, pelos parciais de 6-4, 6-7 (2-7) e 7-5, em duas horas e 19 minutos.

“Fui fiel ao meu estilo de jogo, sempre a tentar ser agressivo. A verdade é que penso que fiz um excelente encontro. No terceiro ‘set’, estive em desvantagem, com ele a servir – e ele é um jogador que serve muito bem. As coisas não estiveram fáceis, mas consegui dar a volta e, felizmente, acabei por vencer”, resumiu.

O vimaranense, que esta semana ocupa a 61.º posição do ‘ranking’ ATP, esteve em desvantagem até ao oitavo jogo do terceiro 'set', conseguindo o providencial ‘break’ que lhe permitiu igualar o encontro e, posteriormente, consumar o triunfo no 12.º jogo, com Paire no serviço.

“Ele é um jogador que tem vindo a fazer uma época muito boa. É uma grande vitória para mim e, obviamente, dá-me confiança para continuar a fazer um bom torneio aqui em Antuérpia”, assumiu Sousa, que vai defrontar o ucraniano Sergiy Stakhovsky (102.º) na segunda ronda do torneio de Antuérpia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.