O tenista português Nuno Borges terminou como vice-campeão o Maia Open II, ao perder domingo em três ‘sets’ a final com Tseng Chun-Hsin, de Taiwan, no Complexo Municipal de Ténis da Maia.

O jovem maiato, de 24 anos, ainda venceu a primeira partida e travou um segundo 'set’ muito equilibrado, mas acabou derrotado ao fim de duas horas e 13 minutos, com os parciais de 5-7, 7-5 e 6-2, pelo antigo número um mundial de juniores e vice-campeão do Maia Open I.

Depois de ter conquistado no sábado o segundo título consecutivo de pares ao lado de Francisco Cabral, Nuno Borges, que havia sido eliminado na semana passada nas meias-finais do Maia Open I, garantiu com a presença na final, ainda assim, a entrada no 'top 200' do ‘ranking’ ATP.

O português campeão do 'challenger' de Antalya figura no 210.º posto da hierarquia mundial, mas na segunda-feira deverá ascender ao 194.º lugar, posição em que encerrará uma temporada em que iniciou como 399.º classificado.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.