Os tenistas portugueses Pedro Sousa e Nuno Borges asseguraram a qualificação para a segunda ronda do ‘challenger’ 3 de Oeiras, torneio de categoria 125 do ATP Challenger Tour, enquanto João Domingues foi eliminado no Complexo Desportivo do Jamor.

Sousa, número dois português e 111.º colocado no ‘ranking’ ATP, foi o primeiro a garantir a vitória na jornada de hoje, mas precisou de três ‘sets’ para superar o bósnio Damir Dzumhur, número 120 da hierarquia mundial, com os parciais de 3-6, 7-6 (7-4) e 4-0, altura em que o adversário desistiu.

Após ultrapassar Dzumhur, que sofreu uma queda durante a terceira partida, Pedro Sousa marcou encontro com o holandês Botic Van de Zandschulp (154.º ATP) e, caso vença, deverá ultrapassar João Sousa, derrotado hoje na primeira ronda do ATP 250 de Lyon, como número um português.

Tal como o lisboeta, de 32 anos, Nuno Borges também se estreou no ‘challenger’ 3 de Oeiras com um triunfo. O jovem da Maia, de 24 anos, bateu o espanhol Bernabe Zapatta Miralles em dois ‘sets’, por duplo 6-4, em apenas uma hora e três minutos.

Borges, que esta semana atingiu o melhor ‘ranking’ da carreira, ao ascender à 296.ª posição, vai agora medir forças com o espanhol e quarto cabeça de série Pedro Martínez (99.º ATP), após o triunfo deste ante João Domingues, por 6-4 e 6-2, ao fim de uma hora e 26 minutos.

Pedro Sousa e Nuno Borges, vice-campeão do ‘challenger’ 2 de Oeiras, juntam-se, assim, a Gastão Elias e Frederico Silva na próxima fase da prova, que termina no domingo no Complexo Desportivo do Jamor.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.