O tenista português Pedro Sousa qualificou-se hoje para as meias-finais do ‘challenger’ de Campinas, ao vencer o argentino Ignacio Londero, por 7-5 e 7-6 (8-6).

O número três nacional precisou de uma hora e 35 minutos para derrotar o 314.º jogador mundial e garantir assim que na segunda-feira irá alcançar o melhor ‘ranking’ da carreira.

“Foi um jogo duro, estava muito calor e as condições aqui são muito rápidas. Estou contente com a vitória e com a forma como estou a jogar e o 'ranking' vem em consequência disso”, explicou à agência Lusa o ainda 207.º tenista ATP.

A vitória frente a Londero foi a 72.ª do ano para Pedro Sousa, que começou a época na 786.ª posição da hierarquia e que na segunda-feira vai subir, pelo menos, até ao 192.º lugar – a sua melhor classificação até agora era o 199.º posto, alcançado a 18 de novembro de 2013.

"Depois da lesão [no pulso esquerdo] até tive dúvidas se podia voltar a jogar e bater agora o meu melhor ‘ranking’ tem outro sabor. Mas ainda quero mais”, confessou o tenista lisboeta.

Nas meias-finais do torneio brasileiro, Pedro Sousa vai enfrentar o argentino Carlos Berlocq (75.º), primeiro cabeça-de-série do torneio e último campeão do Portugal Open.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.