O tenista sérvio Novak Djokovic não escondeu a desilusão de ter perdido com Rafael Nadal, na luta por um lugar na final de Roland Garros, salientando, contudo, que a vitória «podia ter caído para os dois lados».

«Eu não esperava um encontro fácil. Sabia que tanto um como o outro, íamos dar tudo, fisica e mentalmente, para ganhar. Fiz o meu melhor. O meu terceiro set não foi bom. Baixei fisicamente mas consegui voltar ao encontro e joguei muito bem a seguir. Mas não foi suficiente. No quinto set, ele conseguiu ângulos incríveis e também serviu bem. Podia ter caído para os dois lados. Não foi a primeira, nem será a última vez que perco com Nadal», sublinhou no final do encontro que durou mais de quatro horas.

Aos 26 anos, o líder do ranking mundial de ténis acredita que ainda vai erguer o troféu do Grand Slam de terra batida. «Penso que ainda tenho tempo à minha frente para regressar e ganhar aqui», frisou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.