A seleção portuguesa feminina de ténis garantiu este sábado a manutenção no Grupo I da zona Europa/África da Fed Cup, ao vencer os dois jogos de singulares face o Liechtenstein, no ‘play-off’ de manutenção, em Budapeste, na Hungria.

Depois de ter ficado no último lugar do Grupo C, Portugal precisava de bater o Liechtenstein para não cair no Grupo II e logrou-o após os dois primeiros embates, com triunfos de Maria João Koehler e Michelle Larcher de Brito.

Maria João Koehler, 689.ª do ranking mundial, superou Kathinka von Deichmann, 344.ª, por 6-3 e 6-0, enquanto Michelle Larcher de Brito, 120.ª, bateu Stephanie Vogt, 169.ª, por mais equilibrados 7-6 (9-7) e 7-5.

Desta forma, o embate de pares, no qual Portugal deverá apresentar Bárbara Luz e Inês Murta, já não vai ter qualquer influência no desfecho da eliminatória.

A seleção lusa garantiu a manutenção no Grupo I da zona Europa/África, no qual permanece desde 2011, enquanto o Liechtenstein caiu para a segunda divisão continental.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.