A jovem tenista Iga Swiatek, de 19 anos, conquistou o seu primeiro título do 'Grand Slam', ao vencer na final de Roland Garros a norte-americana Sofia Kenin, tornando-se na primeira polaca a ganhar um ‘major’ na Era Open.

Swiatek, que iniciou o terceiro ‘major’ da temporada no 54.º lugar do ‘ranking’ WTA, superou a também jovem e número seis mundial, de 21 anos, em apenas dois ‘sets’, pelos parciais de 6-4 e 6-1, em apenas uma hora e 24 minutos.

A jogadora natural de Varsóvia, a disputar pela segunda vez o quadro principal do torneio francês, até entrou melhor no encontro e rapidamente chegou ao 3-0, mas a campeã do Open da Austrália recuperou e igualou a contenda (3-3).

Ao terceiro ponto de ‘break’, Swiatek voltou a quebrar a adversária (5-3) e serviu para fechar, não sendo, contudo, capaz de levar a melhor à primeira diante a norte-americana, que salvou um ‘set point’, mas não evitou o segundo, cedendo o primeiro ‘set’ por 6-4.

Depois de três ‘breaks’ em cinco oportunidades na primeira partida, a jovem polaca entrou no segundo ‘set’ a ser quebrada, mas fez cinco jogos consecutivos para alcançar uma vantagem de 5-1 e servir para 'selar' o triunfo ao primeiro ‘match point’ que dispôs, por 6-1.

Feitas as contas, Iga Swiatek contabilizou 25 ‘winners’, 17 erros não forçados, seis ‘breaks’ em nove oportunidades e um total de 65 pontos, face aos 10 pontos ganhantes, 23 erros não forçados, três ‘breaks’ em três oportunidades e um total de 42 pontos da adversária, que chegou a ser assistida à perna esquerda na primeira pausa do segundo ‘set’, quando já estava em desvantagem no marcador (1-2).

Ao contrário de Sofia Kenin, que detém cinco títulos WTA, a jovem polaca estreou-se a vencer no WTA em plena catedral da terra batida, onde se tornou na primeira jogadora a ganhar Roland Garros sem ceder um único ‘set’, desde a belga Justin Henin em 2007, e a mais jovem desde Monica Seles em 1992.

Conquistada a Taça dos Mosqueteiros, Iga Swiatek, que no seu percurso até à final eliminou, entre outras, a romena Simona Halep, campeã de Roland Garros em 2018, e a checa Marketa Vondrousova, finalista em 2019, vai ascender à 17.ª posição do ‘ranking’ mundial, enquanto Sofia Kenin vai subir ao quarto lugar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.