Os tenistas Andrey Rublev e Daniil Medvedev venceram hoje os encontros de singulares das Finais da Taça Davis e apuraram a Federação de Ténis da Rússia para a segunda meia-final, a disputar no sábado, em Madrid.

O primeiro moscovita a entrar em ‘court’ foi Rublev, número cinco no ‘ranking’ ATP, que precisou de duas horas e 11 minutos para conquistar o primeiro ponto frente à Suécia, ao superar Elias Ymer (171.º da hierarquia) em três partidas, com os parciais de 6-2, 5-7 e 7-6 (7-3).

Em vantagem na eliminatória, coube a Medvedev, número dois mundial, a responsabilidade de confirmar o favoritismo da sua equipa diante os nórdicos e contra Mikael Ymer, irmão de Elias, selou o triunfo, com duplo 6-4, em uma hora e 13 minutos.

Assegurados os dois pontos decisivos, a Federação de Ténis da Rússia e a Suécia concordaram em não disputar o encontro de pares, que estava previsto ser discutido entre Rublev e Aslan Karatsev frente a Andre Goransson e Robert Lindstedt.

Depois da derrota frente ao Canadá, em 2019, a Rússia vai repetir a presença nas meias-finais, desta feita frente à Alemanha, que superou a Grã-Bretanha nos quartos de final, por 2-1, na procura pelo terceiro título na Taça Davis, depois das vitórias em 2002 e 2006.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.