A russa Maria Sharapova e a polaca Agnieszka Radwanska qualificaram-se hoje para a final feminina do torneio de ténis de Miami, num dia tranquilo para o sérvio Novak Djokovic, que se apurou para os “quartos” no setor masculino.

Sharapova, segunda cabeça de série, entrou a perder frente à dinamarquesa Caroline Wozniacki, ao conceder o “set” inicial por 6-4, mas recompôs-se e venceu os dois parciais seguintes frente à quarta pré-designada, por 6-2 e 6-4, assegurando a quarta presença na final da prova norte-americana, que nunca ganhou.

Radwanska, quinta favorita, encontrou menos oposição por parte de Marion Bartoli, que se apresentou diminuída fisicamente um dia depois e ter imposto a primeira derrota do ano à russa Victoria Azarenka, número um mundial.

A polaca “despachou” a francesa em apenas dois “sets”, por 6-4 e 6-2, num encontro que foi perturbado por uma falha no fornecimento de energia elétrica durante o segundo parcial.

No setor masculino, Djokovic, primeiro favorito e líder do “ranking” mundial, também só necessitou de dois “sets” para afastar o espanhol David Ferrer, quinto cabeça de série, por 6-2 e 7-6 (7-1), e continuar na corrida pela revalidação do título em Key Biscayne.

Nas meias-finais, o tenista sérvio vai defrontar o argentino Juan Monaco, que hoje afastou com alguma surpresa o norte-americano Mardy Fish, oitavo pré-designado, também com aparente facilidade, por 6-1 e 6-3.

A outra meia-final do quadro masculino coloca em confronto o espanhol Rafael Nadal e o escocês Andy Murray, segundo e quarto cabeças de série, respetivamente.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.