O espanhol Rafael Nadal, que se apurou esta sexta-feira para a final de Roland Garros, deixou elogios ao seu adversário, Novak Djokovic, nº1 do ranking mundial de ténis.

«Foi uma partida muito especial para mim. Gostaria de felicitar o Novak. Vai ganhar Roland Garros no futuro. É um lutador e tem um feeling especial nos momentos difíceis. No Open da Austrália, em 2012, disputámos uma partida bastante parecida, e ele foi o vencedor. Às vezes ganha um, outras vezes ganha o outro. É isso que torna este desporto tão especial», disse o tenista maiorquino em declarações à imprensa espanhola.

Nadal, campeão em título, bateu Djokovic em cinco sets, por 6-4, 3-6, 6-1, 6-7 e 9-7, num jogo de mais de quatro horas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.