Portugal perdeu hoje a sua embarcação de 49er no Troféu Princesa Sofia, em Espanha, no qual os outros velejadores tiveram um desempenho discreto no evento que marca o início do apuramento para Paris2024.

Portugal deixou de estar representado em 49er, face à lesão sofrida na quarta-feira pelo proa João Prieto, que assim não poderá prosseguir em prova com Tomás Barreto, quando seguiam em 69.º depois de na véspera não terem cumprido uma das regatas do dia.

Na classe 470, Diogo Costa e Carolina João baixaram um lugar para 29.º, com 119 pontos, enquanto Beatriz Gago e Rodolfo Pires caíram cinco, para 32.º, com 129, navegando ambos na frota de ouro.

Os espanhóis Jordi Xammar e Nora Brugman continuam a comandar, agora com 14 pontos.

Nos Kites, Pedro Rodrigues é o melhor português, em 57.º, com 112 pontos, seguido de Tomás Pires de Lima, 59.º com 126, enquanto Pedro Marcos é 60.º com 132.

O francês Theo de Ramecourt comanda com nove pontos.

Em ILCA7, e na frota de ouro, Santiago Sampaio perdeu três posições, para 33.º, com 133 pontos, enquanto Eduardo Marques caiu quatro, para 42.º, com 146.

Na frota de bronze, Lourenço Mateus subiu quatro degraus, para 115.º, com 148 pontos, em competição comandada pelo britânico Michael Beckett, com 33 pontos.

O Troféu Princesa Sofia, que decorre até sábado, constitui a primeira prova a contar para o circuito mundial organizado pela World Sailing (Federação Internacional de Vela), no qual os velejadores irão competir, nos próximos três anos, por um lugar nos Jogos Olímpicos de Paris.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.