O piloto australiano Daniel Ricciardo vai deixar a McLaren no final da temporada, após rescindir o contrato que ligava a duas partes até 2023, informou hoje a equipa do Mundial de Fórmula 1, em comunicado.

“A McLaren Racing e Daniel Ricciardo podem confirmar que o contrato de Daniel até 2023 foi rescindido antecipadamente, pois ambas as partes concordaram mutuamente que [o piloto] deixará a equipa no final da temporada de Fórmula 1 de 2022”, pode ler-se na nota divulgada pela marca inglesa, no sítio oficial.

O colega de equipa do britânico Lando Norris ingressou na McLaren Racing em 2021 e teve como ponto alto a vitória no Grande Prémio de Itália de 2021, em Monza.

O experiente piloto, de 33 anos, revelou ter sido “um privilégio fazer parte da família McLaren” e adiantou que falará em breve sobre o seu futuro.

“Vou anunciar os meus próprios planos futuros no devido tempo e darei tudo de mim dentro e fora da pista no que resta da temporada. Nunca estive tão motivado para competir e fazer parte de um desporto que amo tanto. Estou ansioso pelo que vem a seguir”, expressou Ricciardo, que soma um total de 32 pódios na carreira.

Ricciardo ocupa atualmente o 12.º posto na classificação do Mundial de Fórmula 1, com 19 pontos, enquanto Norris é sétimo, com 76, após concluídos 13 Grandes Prémios. Esta temporada, o melhor que conseguiu foi um sexto lugar na prova que decorreu no seu país, o GP da Austrália.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.