O piloto espanhol Aleix Espargaró, que no sábado foi vítima de uma violenta queda nos treinos livres do Grande Prémio de Inglaterra de MotoGP, sofreu uma fratura no calcanhar direito, mas vai evitar uma operação, revelou hoje a Aprilia.

O catalão sofreu uma queda aparatosa a 186 quilómetros por hora durante a última sessão de treinos livres em Silverstone, onde decorreu a 12.ª ronda do campeonato do mundo de velocidade, mas, ainda assim, entrou na pista britânica, tanto para a qualificação de sábado como para a corrida de domingo, na qual foi nono colocado.

Segundo os exames realizados, o piloto sofreu uma fratura no calcanhar direito, mas lesão não requer intervenção cirúrgica, porém, Aleix Espargaró, de 33 anos, será obrigado a cumprir um repouso absoluto durante sete dias, nos quais terá que usar muletas para não forçar o pé.

No domingo, depois da corrida ganha pelo italiano Francesco Bagnaia (Ducati), Quartararo (Yamaha) manteve a liderança do campeonato, com 180 pontos, mais 22 do que Aleix Espargaró, enquanto o português Miguel Oliveira (KTM) é 10.º, com 81, menos um do que Viñales (Aprilia), que é nono.

A próxima ronda, a 13.ª do campeonato do mundo de velocidade, é o GP da Áustria, em 21 de agosto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.