O piloto francês Johann Zarco (Ducati) lamentou hoje que a “grande vitória” do compatriota Fábio Quartararo (Yamaha) no Grande Prémio de Portugal de MotoGP “não seja sua”, enquanto o espanhol Aleix Espargaró (Aprilia) se manifestou satisfeito pela solidez.

"É uma grande vitória francesa, mas infelizmente não é minha", disse o detentor da ‘pole position’, conseguida no sábado no Autódromo Internacional do Algarve (AIA), onde hoje foi segundo colocado, atrás do atual campeão do Mundo e novo líder do campeonato.

Com Quartararo, que partiu da quinta posição da grelha, a chegar ao comando da prova à terceira das 25 voltas, Zarco viu Jack Miller (Ducati) e Joan Mir (Sukuzi) caírem perto do fim para subir a segundo e lutar com Espargaró até ser mostrada a bandeira de xadrez.

“Só posso estar feliz, senti-me bem e confiante. O Aleix vinha num grande momento, tive de ser forte no fim", disse.

Depois, admitiu ter ficado contente com o resultado conseguido e conformou-se com a superioridade do amigo Quartararo.

"Foi um grande momento [pódio com dois pilotos franceses], somos amigos que queremos ganhar. Estou contente por ele. Temos de aceitar quando alguém é melhor do que nós”, comentou.

Por sua vez, Aleix Espargaró deixou elogios ao vencedor, por ter sido o mais rápido do fim de semana, mas realçou o ritmo que conseguiu no traçado algarvio.

“O GP das Américas foi um fim de semana muito duro. Hoje, o Fabio foi extremamente rápido, mas eu também fui veloz ao longo do fim de semana. Fui sólido e estou muito contente. Lutei em todos os momentos, diverti-me em cima da mota e são bons pontos para o campeonato”, observou o piloto espanhol.

O vencedor do Grande Prémio da Argentina, em 03 de abril, mostrou ter os pés assentes no chão, uma vez que não pensa em vencer o campeonato.

“Tenho uma moto muito competitiva, mas não penso em vencer no campeonato. Estou tranquilo e divirto-me a cada fim de semana. É fantástico correr cada volta em cada na pista. É aproveitar o momento”, concluiu.

Com estes resultados, Quartararo, campeão em título, é o primeiro piloto a bisar no Algarve, ascendendo ao comando do campeonato, com 69 pontos, os mesmos que tem o espanhol Alex Rins (Suzuki), que foi quarto depois de partir da 23.ª posição.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.