Quase um ano após os factos, ocorridos a 24 de abril de 2016, durante o jogo da 31.ª jornada da época passada - que o Benfica venceu por 1-0 -, a FPF publicou no seu sítio oficial na Internet o acórdão do seu órgão disciplinar, datado de terça-feira passada.

O Conselho de Disciplina teve em consideração que o Rio Ave confessou "integralmente e sem reservas todos os factos que lhe são imputados", relativos aos cânticos dirigidos contra o atual jogador do Bayern Munique, o que determinou a redução para metade da multa a aplicar.

O pleno do órgão disciplinar federativo decidiu também reduzir a pena ao diretor desportivo do Tondela, Carlos Carneiro, de 20 para oito dias de suspensão, e do ex-futebolista do Olhanense João Falque, atualmente no Juventude de Évora, de três para um jogo de suspensão.

RPC // JP

Lusa/Fim

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.