As competições de eSports do Lisboa Games Week receberam combates intensos de Counter-Strike: Global Offensive, com dois torneios muito bons para os fãs da modalidade deste desporto eletrónico. Entre a final da LPCS que consagrou a eXploit frente à OFFSET, a cabeça de cartaz das competições foi a Omen Atlantic Challenge, cuja final ditou o encontro da francesa Team Heretics e a brasileira Detona.

Considerando que os franceses mal tiveram tempo para descansar, depois do encontro “fácil”, mas competitivo com os espanhóis da Movistar Riders, a vitória tranquila da Detona, da parte da manhã permitiu-lhe descansar e almoçar tranquila. Até porque nesta final Bo5, contava com um ponto de “borla”, arrancando assim com vantagem.

Mas os brasileiros não quiseram facilitar a vida dos seus adversários e arrancou a partida, em mapa Inferno, escolhido pelos franceses, com uma boa vantagem. A primeira parte acabou com 9-6, mas logo a seguir à segunda ronda de pistolas continuou a disparar certeiro e foi aumentando a sua vantagem para 12-7. Se vencesse esta partida, a Heretics teria de pontuar nos três mapas seguintes, o que pareceria uma tarefa bastante complicada.

A Detona aproveitou a tranquilidade da vantagem, gerindo muito bem os espaços no mapa, não arriscando muito o avanço, empurrando as iniciativas para a sua adversária. “Cá os esperamos”, terão pensado, enquanto controlavam muito bem a zona da “banana”. E a estratégia deu frutos: a equipa brasileira “detonou” o marcador do mapa em 16-10, com os franceses ainda a tentarem reagir.

Regressadas do intervalo, a Detona entrou no mapa Dust2, escolhido por si (Overpass e Mirage selecionados para desempate) e fuzilou os franceses não só na ronda inaugural de pistolas, como nas seguintes. A equipa brasileira parecia querer resolver cedo a partida, marcando quatro rondas sem resposta, mas os franceses responderam e diminuíram para 4-3. Foi uma reação temporária, pois a Detona voltou a faturar e a puxar o resultado para o seu lado, colocando o placard em 6-3, mas ainda estava tudo em aberto.

O resultado acabou por fechar na primeira parte com 8-7, mostrando que a Heretics ainda não tinha mandado a toalha para o chão, além de que na segunda parte passou para o lado atacante. E isso foi mostrado na ronda de pistolas, marcando um empate de 8-8. A partir daqui a partida ficou ao rubro, e os franceses deram a volta ao resultado, marcando 8-10. Mas ainda que a Detona fosse atrás do prejuízo, os franceses tinham agarrado no resultado, e foram dilatando a vantagem, para 9-13. Oportunidade única para voltar à partida.

A Detona voltou a recuperar diminuindo para 12-13, com a partida “taco-a-taco”. Os franceses voltaram a pontuar, 13-14 no quadro, e os pontos contavam-se com emoção do público, adivinhando um possível overtime. E foi mesmo a Heretics a primeira a garantir os 15 pontos, fechando o mapa a seu favor. Venha o próximo…

O terceiro mapa arrancou da melhor maneira para os Heretics, que marcaram 6-0 nas primeiras rondas…

Nota de redação: A esta altura da partida os seguranças do Lisboa Games Week expulsaram quem assistia à partida, incluindo o SAPO Desporto. A polícia presente ignorou a carteira de jornalista, o bilhete de press e a posse do portátil onde estava a ser escrita esta crónica, referindo que tinha ordens da organização do evento para esvaziar o recinto às 20:00, ainda a partida ia no início do terceiro jogo, dos cinco previstos. Pedimos desculpa aos nossos leitores pelo fim abrupto da crónica, deixando a indignação por não termos sido autorizados a finalizar o nosso trabalho.

Ainda assim, apurámos, através do portal brasileiro Mais Esports, que a equipa Detona venceu o torneio por 3-2. Tal como prevíamos, mesmo perdendo 2-0, a equipa francesa conseguiu recuperar, levando o encontro para o mapa final, embora não tenha levado a melhor. A equipa vencedora amealhou um prémio de 8.000 euros, a derrotada arrecadou 4.000 euros e a fechar o pódio, a espanhola Movistar Riders ganhou 2.000 euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.