O mundo dos eSports está de luto com o falecimento da jovem de 24 horas Maria “Remilia” Creveling, ex-jogadora profissional de League of Legends e streamer na Twitch. A notícia foi avançada por Richard Lewis, um amigo próximo e jornalista de eSports. “É com grande tristeza que informo que a minha melhor amiga Maria Creveling faleceu de forma pacífica durante o sono”, revelou o jornalista.

Remilia fez furor em 2015 quando entrou para a história dos eSports ao tornar-se a primeira mulher a participar na League of Legends Championship Series, a mais importante competição de LoL, como jogadora da equipa Renegades. No entanto, a sua carreira profissional foi curta, tendo desistido em 2016, citando problemas de stress e assédio como principais motivos para o abandono.

As causas de morte não foram avançadas, mas em 2017, ao jogar na equipa américo-latina Kaos Latin Gamers, depois de um evento teve de abandonar a competição devido a uma paralisia de corda vocal, como é descrito na sua biografia no gamepedia, sendo sujeita a cirurgia. A sua última competição foi o Twitch Rivals Team Draft, onde fazia também diversas streams na plataforma.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.