O circuito nacional OMEN Retake, organizado pela Hyped e Gamers Media assumiu-se como uma competição distinta da habitual, ao oferecer diferentes sub-competições dentro de um circuito geral. No total, tinha 10 mil euros para distribuir entre as equipas portuguesas participantes no torneio de CS: GO. E a NPlay GTZ Bulls foi a grande vencedora da primeira temporada, levando para casa um prémio de 5.000 euros.

A competição teve início nos primeiros dias de setembro e foi composta por três fases principais. A primeira foi a fase de qualificação aberta, seguindo-se a fechada. A segunda foi a fase regular (Take #). Por fim, a terceira correspondeu aos playoffs.

A nuance do torneio, é que na fase regular, 2 das oito equipas apuradas no qualificador tiveram de lutar pelo seu lugar no circuito, a cada ronda, sendo as restantes 6 fixas. Esta fase foi jogada ao longo de quatro rondas, designadas por “Take #”. À exceção do Take #01, todas as etapas tiveram um qualificador aberto e as chamadas Relegations, que conta com premiação para as duas equipas apuradas. O qualificador aberto apurou 4 equipas que tiveram de jogar as Relegations com as duas que ficaram de fora no “Take #” anterior, mas que não eram fixas no circuito.

O certo é que a NPlay GTZ Bulls venceu a temporada, batendo a Baecon na grande final por 2-0. Na Final Four constaram ainda a Rhyno e a Vodafone Giants, mas esta última teve de abdicar da competição devido a conflito de agenda.

A final foi jogada primeiro no mapa Dust2, uma partida bem disputada e levada a overtime, fixando-se nos 19-16. Em Miragem, os touros acabaram por confirmar a vitória do circuito de forma tranquila, colocando no marcador 16-6. A Baecon recebeu 2.500 euros pela sua chegada à grande final.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.