Depois de se sagrar a grande vencedora da Master League Portugal, com o feito de ter vencido todos os 18 mapas realizados na competição, a sAw ainda tinha pela frente diversos compromissos competitivos, incluindo o falhado qualificador fechado para o DreamHack Open Summer. No entanto, a equipa de Just e Stadodo já tinha fisgada a presença na final da primeira edição da Orange Unity League, uma competição internacional, frente à francesa Team Heretics.

Antes de chegar à final, a sAw venceu a fase regular, registando 15 vitórias para 3 derrotas, o que lhes permitiu não só saltar a primeira fase dos playoffs, como também escolher o seu adversário. Neste caso optou pela formação espanhola KPI, a qual venceu tranquilamente por 2-0. Já a equipa francesa Team Heretics venceu a S2V na sua meia-final, encontrando assim a formação portuguesa, que apresenta uma excelente forma neste período. A equipa conseguiu obter 13 vitórias em 18 partidas da fase regular, ficando apenas atrás da sAw.

Na grande final a equipa portuguesa venceu por 2-1, mas esteve longe de ser um embate fácil. O primeiro mapa, disputado em Vertigo, ditou a derrota da sAw por um expressivo 16-3. O segundo mapa, escolhido pela equipa portuguesa, Dust2, conseguiram uma vitória controlada por 16:11. O derradeiro mapa de desempate jogou-se em Nuke, e mais uma vez, numa partida bem disputada lado a lado. A sAw viria assim vencer por 16-13.

A vitória da equipa portuguesa é muito importante para o seu currículo, sobretudo quando a equipa foi formada há poucos meses. A vitória sobre a Team Heretics não será esquecida tão cedo, ou não fosse a equipa francesa a atual #22 no ranking mundial. A sAw ocupa o 45º lugar no mesmo ranking.

A vitória no Orange Unity League garantiu um prémio de 8.040 euros a equipa portuguesa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.