Um total de 94 recintos desportivos, entre campos de futebol e quadras multiuso podem ser construídos até 2017, na província do Moxico, anunciou, no Luena, o diretor provincial da Juventude e Desportos, Angelino Armando Liló.

Os aludidos recintos serão anexados em igual número de escolas, algumas já inauguradas e outras ainda em construção em todo território da província, com o município sede (Moxco) a beneficiar da maior fatia das quadras e campos desportivos.

Angelino Liló anunciou o facto durante a conferência provincial sobre desporto decorrido nesta cidade, sábado, justificando que a construção dos recintos não foi simultâneo com as escolas, devido às prioridades estabelecidas no programa de incluir com «urgência» os alunos que se encontram fora do sistema de ensino e os que estudam em lugares inadequados.

Na ocasião, reafirmou o arranque ainda no último semestre de 2013 das obras de construção de um estádio municipal de futebol, com capacidade para 16 mil lugares e um pavilhão polidesportivo, nos arredores da cidade do Luena.

Justificou na oportunidade a venda do mítico estádio municipal “1 de Dezembro”, a um empresário nacional com o facto de ter-se encontrado o imóvel, em estado avançado de degradação, tendo o governo local preferido erguer outro de maior capacidade.

«Foi um assunto muito polémico, porque os munícipes queriam que se mantivesse devido ao histórico do estádio, mas mesmo reabilitado o imóvel não responderia mais as necessidades atuais, porque não tinha espaço suficiente para ser ampliado, daí decidiu-se construir outro», justificou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.