O Brasil não tem sido uma terra de sucesso para os treinadores portugueses. Com fama mundial pelo mundo inteiro, devido ao sucesso de treinadores como José Mourinho e Leonardo Jardim e mais recentemente de Marco Silva ou Nuno Espírito Santo, os timoneiros lusos não se têm conseguido impor-se em terras brasileiras.

Embora, de fora, se olhe com admiração para a escola de técnicos portugueses, no que diz respeito aos técnicos que chegam, os brasileiros ainda têm alguma dificuldade em aceitar o sucesso dos estrangeiros.

A volatilidade nos cargos assusta. Facilmente um treinador que não ganhe ao fim de quatro ou cinco jornadas pode ser alvo, sem apelo nem agravo, da tão conhecida 'chicotada psicológica'. A 'torcida' também é extremamente exigente, pressionando as direções para as mudanças nos comandos técnicos das equipas.

Paulo Bento e Sérgio Vieira foram os dois últimos treinadores portugueses que orientaram equipas no 'Brasileirão'.

Paulo Bento acabou por não ter sorte no Cruzeiro de Belo Horizonte, deixando a equipa no penúltimo lugar da tabela. O técnico luso acabou por somar 17 encontros pelo emblema de Belo Horizonte, onde somou oito derrotas seis vitórias e três empates, em 2015/2016.

Sérgio Vieira foi um caso de relativo sucesso no Brasil. O técnico português começou nos sub-23 dos Atlético Paranaense em 2015, tendo tido depois passagens pelo Guaratinguetá, Athletico Paranaense, Ferroviária, América Mineiro e São Bernardo.

O Flamengo parece ser um desafio à medida de Jesus, mas não se esperam facilidades. A cultura é inevitavelmente diferente da portuguesa e o técnico vai ter que se adaptar. Jesus vai ter ainda que lidar com uma imprensa feroz, que não vai dar tréguas.

Um dos resistente no futebol brasileiro tem sido o técnico português Luís Miguel Oliveira. Desde 2006 no Brasil, para abraçar um desafio no Ceres, o técnico orienta neste momento o Pinheiro, do campeonato estadual do Maranhão.

Será Jesus o primeiro dos portugueses a vingar no Brasil? Veremos os próximos capítulos.

*Artigo corrigido e atualizado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.