Mehdi Taremi, avançado do FC Porto, entrou em colisão com o selecionador do Irão, Dragan Skocic, e ficou de fora dos convocados para os jogos decisivos com Líbano e Síria, da qualificação asiática para o Mundial 2022.

O atacante terá mesmo manifestado ao presidente da Federação Iraniana de Futebol que, enquanto estiver o croata no comando, não regressará à seleção.

Questionado sobre o diferendo, Dragan Skocic deixou elogios a Taremi, mas pediu respeito.

"A seleção do Irão é de todos, não é de qualquer treinador ou jogador. Mehdi Taremi é um jogador incrível e precisamos dele, mas também devemos respeitar sempre. O jogo contra o Líbano será um jogo difícil e estamos totalmente preparados", referiu o selecionador dos iranianos, em conferência de imprensa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.