Depois de dois jogos consecutivos a perder - um para a Bundesliga vs Mainz 05 e outro para a Taça da Alemanha vs Bayern Munique - o Eintracht Frankfurt regressou às vitórias este sábado na visita a Berlim.

Em casa do Hertha Berlim a equipa de André Silva (Gonçalo Paciência não foi convocado) venceu por 1-4, com os golos dos visitantes a surgirem apenas na segunda parte.

Nos primeiros 45 minutos, Piatek fez o marcador mexer pela primeira vez quando aos 24 minutos ultrapassou a barreira defensiva do Frankfurt e rematou para o fundo da baliza.

Contudo, a primeira parte acabou com uma nota negativa para o Hertha que se viu reduzido a 10 aos 45+1, com Boyata a ver vermelho direto.

Na segunda parte e a jogar com mais um, o Eintracht chegou ao empate por uma cara bem conhecida do futebol português. Aos 50', André Silva assiste de cabeça Bas Dost que não desperdiça e faz o 1-1.

Minutos depois foi mesmo André Silva a aproveitar da melhor forma a 'destruição' que Kamada deixou na defesa do Hertha e que passou para o avançado português que com um toque magistral fez o 2-1, aos 62.

Aos 68 minutos foi a vez de N'Dicka, com uma bomba, 'rebentar' mais uma vez com a baliza da equipa da casa, apontando o terceiro golo para o Eintracht Frankfurt.

Mas André Silva ainda tinha 'munições' para gastar na partida e aos 86 minutos fez o seu segundo golo da partida.

O bis destacou ainda mais o português como o melhor marcador da Bundesliga desde que a prova foi retomada após a suspensão devido à COVID-19 - seis golos em sete jogos.

Com este resultado o Eintracht igualou pontualmente o Hertha Berlim nos 38 pontos, podendo ainda ser ultrapassado no 9.º lugar caso o Schalke pontue frente ao Bayer Leverkusen.

*artigo atualizado às 16h37

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.