Depois de Santiago Arias ter sofrido uma fratura da fíbula esquerda durante o triunfo da Colômbia sobre a Venezuela em partida da zona sul-americana de qualificação para o Mundial 2022, o Bayer Leverkusen, clube para o qual o jogador se transferiu esta temporada, informou que a paragem do atleta será de pelo menos seis meses.

Em comunicado, o emblema germânico revelou ainda que o lateral-direito, cedido pelo Atlético de Madrid, sofreu igualmente "lesões complexas no ligamento do tornozelo" da perna afetada.

Arias, de 28 anos, que representou o Sporting entre 2011 e 2013, vai ser operado por um especialista em Madrid, confirmou igualmente o Bayer, devendo seguir da Colômbia para a capital espanhola nos próximos dias.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.