Louis Van Gaal abriu a porta de saída a Bastian Schweinsteiger por este ainda não ter chegado a acordo para a renovação de contrato com o Bayern munique.

"O Bayern é uma empresa e os meus clubes têm ganho sempre muito dinheiro. O futebol é um negócio", afirmou o treinador holandês sobre o médio de 26 anos.

Contudo, o técnico foi desautorizado publicamente pelo director dos bávaros, Christian Nerlinger, ao apelar à necessidade de resultados desportivos de Van Gaal e não de formas de enriquecimento para o clube: "Para isso é preciso Schweinsteiger."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.