O Werder Bremen, em risco de descida na Liga alemã de futebol, anunciou hoje a saída do treinador Florian Kohfeldt, que será substituído provisoriamente por Thomas Schaaf.

“Lamentavelmente, depois da derrota com o Ausgsburgo [2-0], já não acreditávamos que pudéssemos garantir a manutenção com o Florian Kohfeldt”, justificou o diretor desportivo da equipa alemã.

O técnico esteve na iminência de ser despedido há três semanas, após a derrota por 3-1 diante do Union Berlim, mas a direção, dividida sobre o futuro do treinador, acabou por recuar.

O desaire frente ao Ausgsburgo no sábado deixou o Werder Bremen na 16.ª posição da Bundesliga, com 31 pontos, a apenas um do Colónia, já em lugar de despromoção direta.

Agora, caberá a Thomas Schaaf, uma ‘lenda’ no clube, a responsabilidade de orientar o conjunto de Bremen na 34.ª e última jornada da Liga alemã, na qual se ficará a saber que equipa acompanhará o Schalke 04 na descida ao segundo escalão e qual ficará com o posto de acesso ao ‘play-off’ de manutenção, numa luta que inclui ainda o Colónia (17.º, com 30 pontos) e o Arminia Bielefeld (15.º, com 32).

Schaaf, de 60 anos, treinou o Werder Bremen durante 14 temporadas, levando o clube à conquista do título de campeão nacional em 2003/04.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.