O Sport Lisboa e Benfica já confirmou presença no “Africa Youth Cup”, competição de futebol em sub-16 que se realiza de 19 a 27 de abril de 2019 no Estádio Nacional, e que envolve 16 equipas africanas e europeias.

Assim como o Benfica, a organização tem já assegurada a presença do Kegue FC do Togo neste evento internacional denominado Copa África Jovem, no qual conta ter ainda o envolvimento de equipas de referências do futebol europeu e africano nesta prova a ser disputada no Estádio Nacional, em Achada São Filipe.

Os promotores deste evento internacional, Newman Ebiegberi e Maria Luzia, encontram-se em Cabo Verde em mais uma ofensiva para a acertar os detalhes desta prova mundial e avançaram à Inforpress que as condições já estão criadas para o sucesso deste evento promocional do futebol africano e da ilha de Cabo Verde na arena internacional.

A prova vai ser disputada a nível de sub-16, sendo que a África estará representada pelas equipas de Nigéria, Zâmbia, Costa do Marfim, Senegal, Guiné Bissau e Gâmbia e duas equipas de Cabo Verde, enquanto da Europa se espera a vinda de grandes emblemas mundiais como Manchester City (Inglaterra), Real Madrid (Espanha), Benfica (Portugal), Mónaco (França) de entre outros.

O vencedor de “Cabo Verde Africa Youth Cup”, segundo a organização, apura-se juntamente com a melhor equipa cabo-verdiana deste torneio, para a final da competição mundial do “Africa Youth Cup” que se realiza num dos países integrantes da Europa ou da América (Brasil), envolvendo os vencedores da África, Europa, América do Sul e Ásia.

O “Cabo Verde Youth Cup” vai ser apadrinhado por um futebolista internacional de renome mundial e de origem cabo-verdiana, que terá a particularidade de trazer para o evento os seus convidados, isto é, figuras reconhecidas do futebol mundial para a promoção do país e da modalidade.

Estes, juntamente com os embaixadores do evento, constituídos por cabo-verdianos radicados em diferentes países de emigração crioula, tanto na Europa, como na América, vão encetar uma campanha de angariação de equipamentos desportivos de diversas modalidades e produtos da primeira necessidade como alimentos e vestuário, para serem distribuídos às diversas associações e clubes em Cabo Verde.

Neuman Ebiegberi adiantou neste exclusivo à Inforpress que a organização vai promover intercâmbio desportivo cultural, de forma a trazer para o país jovens cabo-verdianos de origem, nascidos no estrangeiro, que nunca conheceram Cabo Verde, para conviverem com os residentes.

Ainda de acordo com os impulsionadores do Cabo Verde “Africa Youth Cup”, o torneio internacional no Estádio Nacional, em Achada São Filipe, vai ser dirigido por uma equipa de arbitragem do “Tournament Abroad”, que virá com quatro árbitros internacionais credenciados pela FIFA que terão ainda a incumbência de ministrarem uma acção de capacitação para árbitros cabo-verdianos.

Iniciativa inédita em Cabo Verde, o projecto já foi apresentado às entidades governamentais e estruturas desportivas, pelo que vai contar com a parceria do Ministério do Desporto, do Comité Olímpico Cabo-verdiano, da Federação Cabo-verdiana de Futebol, da Gestão do Estádio Nacional e da Câmara Municipal da Praia, de entre outras partes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.