Apesar da ausência do médio Manguxi, por lesão, o Petro de Luanda viajou esta quarta-feira para a República do Uganda, confiante na vitória diante do Kampala City, em partida da segunda mão da última eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Clubes Campeões de África, a realizar-se sexta-feira no Estádio Star Times.

Em declarações à imprensa, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o técnico tricolor, Toni Cosano, disse que, apesar do nulo registado no jogo da primeira mão, os jogadores estão moralizados para o confronto e focados na vitória ou pelo menos num empate com golos, para assegurar a passagem à fase de grupos.

"Não será um jogo fácil. Vamos tentar recuperar o médio ofensivo Isaac Mensah até ao dia do jogo, por forma a realizarmos uma boa partida. Fizemos algumas correcções durante a nossa preparação no país e procuramos transmitir aos jogadores o espírito de confiança, de modo a ultrapassarmos o Kampala City no seu reduto", salientou o técnico espanhol.

Para esta 'operação Kampala', Toni Cosano levou os seguintes jogadores: Elber, Wilson, Mussa, Eddie Afonso, Karanga, Diógenes, Tó Carneiro, Além, Job, Pikas, Dany, Isaac Mensah, Ladilson Diógenes, Gerson, Herenilson e Bugos.

Na eliminatória anterior, o Petro de Luanda eliminou o Matlhama do Lesotho, com duplo triunfo de 2-0.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.