O guarda-redes João Botelho, formado no Santa Clara e que esteve as duas últimas épocas ao serviço do Operário, assinou um contrato de duas temporadas com o clube da II Liga de futebol.

João Botelho, de 29 anos, regressa assim ao clube onde fez formação e de onde saiu na época 2013/2014 para passar a integrar a equipa do Operário, que milita no Campeonato Nacional de Seniores.

O guarda-redes vai representar a equipa sénio do Santa Clara pela nona época, depois de na época passada, ao serviço do Operário, ter batido o recorde de Vítor Baía, contabilizando 1.221 minutos sem sofrer golos.

Para além de João Botelho, o treino Santa Clara contou também com a presença de Cedric Sanches, um médio ofensivo francês vindo do Amiens Sporting Club Football e que se encontra à experiência.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.