Jorge Jesus, que empatou na estreia oficial pelo Flamengo com o Athletico Paranaense (1-1), em jogo da primeira mão dos quartos de final da Copa do Brasil, reconheceu que o resultado não é o melhor, e elogiou ainda a equipa de arbitragem que anulou três golos ao Athletico Paranaense por fora de jogo.

"Não saio satisfeito com o empate, mas na primeira parte da eliminatória é um resultado que serve mais ao Flamengo. A equipa portou-se bem", começou por referir técnico na conferência de imprensa depois do encontro.

Jorge Jesus empata na estreia oficial enquanto treinador do Flamengo
Jorge Jesus empata na estreia oficial enquanto treinador do Flamengo
Ver artigo

"Foi um jogo com uma intensidade muito alta, o que se deve também a ter sido em relva sintética. Num gramado, como vocês dizem, não tem esta velocidade, nem esta intensidade. Foi muito bem jogado por ambas as equipas tecnicamente e taticamente. O Athletico é uma equipa muito agressiva e nós vínhamos preparados para isso", frisou Jorge Jesus, antes de deixar elogios à equipa de arbitragem.

"Todas as decisões do árbitro foram bem assinaladas. Quero dar os parabéns à equipa de arbitragem porque fez um excelente jogo. O VAR hoje foi importantíssimo na verdade do jogo. Tudo o que foi decidido pela equipa de arbitragem foi impecável", sinalizou Jesus, que foi questionado sobre a forma "agitada" como vive os jogos a partir do banco de suplentes.

"É a minha forma de estar no jogo. Eu acho que antecipo as coisas antes delas acontecerem. Na tentativa da ideia que tenho da equipa, com e sem a bola, é tentar que os jogadores estejam sempre bem posicionados. É a maneira de ajudar para que todos os jogadores estejam ajustados como treinamos", rematou o técnico.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.