Cristiano Ronaldo vai estar ao lado de Lionel Messi no Santiago Bernabéu, no dia 09 de dezembro. A notícia está a ser avançada pelo jornal espanhol 'As'.

Os dois craques do futebol mundial vão ver a segunda-mão da final da Taça Libertadores, entre o Boca Juniors e o River Plate. Diz o jornal que a iniciativa partiu de Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, que quer dar aos dois jogadores um tratamento especial, apesar de nem Ronaldo nem Messi terem solicitado tratamento diferenciado.

Riquelme e a Libertadores em Madrid: "Será o amigável mais caro da história. É uma derrota para o futebol argentino"
Riquelme e a Libertadores em Madrid: "Será o amigável mais caro da história. É uma derrota para o futebol argentino"
Ver artigo

Diz o 'As' que CR7 pediu os bilhetes para a Superfinal diretamente ao Real Madrid. Já Messi entrou em contacto com a Federação Espanhola para obter os ingressos, tal como fez alguns jogadores das I e II ligas espanholas.

Escreve o 'As' que Messi viajará para Madrid no domingo, um dia depois do jogo entre o Barcelona e o Espanhola, da Liga Espanhola, agendado para sábado. Já Ronaldo entra em campo na sexta-feira, quando a Juventus defrontar o Inter Milão para a Serie A.

De recordar que a CONMEBOL mudou a segunda-mão da final da Taça Libertadores da América para o Santiago Bernabéu, estádio do Real Madrid, na sequência dos incidentes registados antes da partida no Monumental Nuñes, casa do River. No dia 24 de novembro , na data inicial prevista para a segunda mão, o autocarro que transportava a comitiva do Boca Juniors foi atacado à chegada ao estádio Monumental, do River Plate, resultando em ferimentos em alguns jogadores.

Riquelme e a Libertadores em Madrid: "Será o amigável mais caro da história. É uma derrota para o futebol argentino"
Riquelme e a Libertadores em Madrid: "Será o amigável mais caro da história. É uma derrota para o futebol argentino"
Ver artigo

Os adeptos lançaram pedras e gás pimenta, e os futebolistas Pablo Pérez e Gonzalo Lamardo tiveram que ser assistidos no hospital.

Depois do empate 2-2 cedido na primeira mão, na Bombonera, o Boca pretende que o River seja punido pelo ataque e que se aplique o artigo 18 do regulamento disciplinar, que prevê várias penalizações, entre as quais a desqualificação.

O vencedor da Taça Libertadores qualifica-se para o Campeonato Mundial de Clubes que será realizado nos Emirados Árabes Unidos e a final edição de 2019 será a última a ser disputada em duas mãos, ao sistema de jogo único, como acontece na Liga dos Campeões europeus.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.