Ganhar a Libertadores como jogador e treinador? Já aconteceu, mas foram poucos os que o conseguiram. Uma nacionalidade domina nesse capítulo: Cinco argentinos contra dois uruguaios e apenas um brasileiro.

O primeiro a conseguir essa proeza foi Humberto Maschio. Foi campeão como jogador ao serviço do Racing (1973). Seis anos volvidos, voltou a festejar o título, desta feita no banco do Independiente (1973).

34 anos é o tempo que separa as conquistas do brasileiro Renato Gaúcho. Em 1983 logrou a conquista do troféu com o Grêmio e só a repetiu em 2017, como treinador no mesmo emblema.

Humberto Maschio, Luis Cubilla e Nery Pumpido conseguiram fazê-lo em clubes diferentes. Cubilla - não confundir com a antiga lenda do FC Porto Teófilo Cubillas - , foi mesmo o único a conseguir vencer a prova por clubes diferentes, enquanto jogador.

Marcelo Gallardo, atual treinador do River Plate e detentor do título, vai querer vencer de forma consecutiva o troféu frente ao Flamengo. Enquanto jogador já tinha logrado o troféu.

Veja a lista:

1 - Humberto Maschio - (argentino) como jogador (Racing) 1967 - treinador (1973 - Independiente)

2 - Roberto Ferreiro (argentino) - Como jogador (1964 e 1965), em 1974 como treinador - Independiente.

3 - Luis Cubilla (Uruguai) - 3 como jogador (1960 e 1961 com o Peñarol e Nacional em 1971), como treinador em 1979 e 1990 como treinador, no Olimpia).

4 - Juan Martín Mujica (Uruguai) - Nacional como jogador em 1971 e como treinador no mesmo clube em 1980.

5 - José Omar Pastoriza (argentino) - Independiente (1972) como jogador, Independiente, (1984) como treinador.

6 - Nery Pumpido (argentino) - River Plate (1986), como jogador no Olimpia em 2002 como treinador.

7 - Marcelo Gallardo (argentino) - Como jogador (1996) no River Plate, (2015 e 2018) como treinador no River.

8 - Renato Gaúcho (brasileiro) - 1983 como jogador no Grémio, como treinador em 2017 no Grêmio.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.