O Independiente del Valle, orientado pelo português Renato Paiva, colocou-se na sexta-feira em vantagem sobre os brasileiros do Grêmio, ao vencer em casa ‘emprestada’ por 2-1, na primeira mão da terceira pré-eliminatória da Taça Libertadores em futebol.

No Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, a formação ‘canarinha’, que se apresentou desfalcada, adiantou-se no marcador logo aos nove minutos, por intermédio de Diego Souza, antigo jogador do Benfica, mas os anfitriões deram a volta ao resultado na segunda parte.

O argentino Lorenzo Faravelli foi a grande figura do conjunto do Equador, ao marcar os dois golos, o primeiro aos 53 minutos, após excelente triangulação e assistência do paraguaio Brian Montenegro, e o segundo aos 60, de grande penalidade.

O castigo máximo foi cometido por Ruan, que foi expulso por acumulação de amarelos, deixando o Grêmio reduzido a 10 unidades para a última meia hora.

Com mais um elemento, o Independiente del Valle lançou-se em busca do terceiro golo, que esteve perto de conseguir em várias ocasiões, perante um conjunto brasileiro que se limitou a defender e raramente saiu com perigo para o contra-ataque.

É, assim, com uma curta vantagem de um golo que o ‘onze’ de Renato Paiva, ex-treinador do Benfica B, se irá apresentar na quarta-feira na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, no Brasil, num embate com início às 23:15 (em Lisboa).

A equipa que conseguir o apuramento segue para o Grupo A da Taça Libertadores, no qual vai encontrar os detentores do título, os brasileiros do Palmeiras, de Abel Ferreira, os argentinos do Defensa y Justicia, vencedores da última edição da Taça sul-americana, e os peruanos do Universitario.

Por seu lado, o derrotado ‘desce’ à Taça sul-americana, para o Grupo H, com Lanús (Argentina), La Equidad (Colômbia) e Aragua (Venezuela).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.