Custódio não acreditava que fosse chamado à seleção nacional para o Euro 2012. O médio reconheceu hoje, em conferência de imprensa realizada no estádio da Luz, que já estava a pensar nas férias.

«Pensava mesmo que ia de férias. Foi uma boa surpresa. Quando soube da convocatória senti uma enorme alegria, é um sonho tornado realidade», adiantou o jogador, contando como viveu o momento em que ouviu Paulo Bento anunciar o seu nome: «A primeira reação foi festejar com a minha família. Parecia que tinha marcado um golo e saltaram todos para cima de mim».

Muito se falou e comentou a sua escolha pelas caraterísticas que o jogador apresentava. Custódio definiu-se enquanto jogador na conferência de imprensa: «Sou um jogador mais posicional, mais simples, que ocupa bem a posição à frente da defesa. Estou num bom momento da minha carreira, fruto de uma grande equipa e do bom trabalho que se faz em Braga».

O jogador espera ainda poder continuar ao serviço da seleção nacional para lá do Euro 2012. «Estou naturalmente concentrado em responder às expetativas das pessoas e o meu objetivo é prolongar ao máximo a minha estadia na seleção», sublinhou.

Por fim, o médio do Braga deixou um discurso ambicioso para o Europeu de futebol. «É um grupo fortíssimo. A Alemanha é sempre candidata a vencer, a Holanda esteve na final do Mundial e a Dinamarca já foi campeã europeia. No entanto, Portugal prepara-se bem quando joga com grandes equipas. Acredito que possamos vencer a competição, mas antes disso há um longo caminho a percorrer», concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.