Depois de seis presenças no Campeonato da Europa de Sub-21, Portugal parte para a República Checa com o objetivo de trazer o “caneco” para casa e conquistar assim o primeiro troféu nesta categoria.

Os primeiros jogos da seleção portuguesa de sub-21 aconteceram no dia 21 de abril de 1971. Portugal deslocou-se a Vigo para defrontar a seleção espanhola. O jogo terminou empatado (0-0). Dessa seleção faziam parte jogadores como Toni, Bento e Quinito.

A 28 de novembro de 1976, a seleção portuguesa de sub-21 disputou o seu primeiro jogo oficial. Portugal venceu fora de portas o Luxemburgo naquele que foi o primeiro jogo de fase qualificação para o primeiro campeonato da Europa da categoria organizado pela UEFA.

Só em 1994, 18 anos depois do primeiro europeu organizado pela UEFA, a seleção portuguesa participou no seu primeiro campeonato da Europa de Sub-21. E que participação. Em ano de estreia, Portugal atingiu o segundo lugar do torneio que teve lugar em França. Nas meias-finais, Portugal venceu a Espanha por 2-0, com golos de Rui Costa e João Vieira Pinto. Na final frente à Itália a seleção das quinas só caiu no prolongamento, com um golo apontado aos 98' por Pierluigi Orlandini. Rui Costa recebeu os títulos de melhor jogador e melhor marcador do torneio.

Em 1996, Portugal avançou até aos quartos de final do Europeu, voltando a ser eliminado pela Itália. Os transalpinos venceram por 2-0, com um tento de Vieri e um autogolo de Emílio Peixe, acabando por vencer novamente a competição.

Em 2002, Portugal voltou a estar num Europeu de Sub-21. A nossa seleção não passou da fase grupos, depois de ter defrontado a Itália, a Inglaterra e a Suíça. Jogadores como Tonel, Jorge Ribeiro, Pedro Mendes, Makukula e Bruno Alves integravam essa geração.

Em ano de Europeu em Portugal, em 2004, a seleção das quinas marcou presença na competição que se realizou na Alemanha. A equipa conseguiu chegar até às meias-finais, mas foi derrotada uma vez mais pela Itália. No encontro de atribuição do 3º lugar, Portugal venceu a Suécia com um golo de Carlitos e assegurou a medalha de bronze. Ricardo Costa, Jorge Ribeiro, Miguel Garcia, Danny, Custódio e Carlos Martins estavam no grupo de selecionados.

Em 2006, Portugal organizou a competição, naquela que foi a sua quarta presença na competição. No entanto, apesar de jogar em casa, a equipa caiu na fase de grupos, onde enfrentou a Alemanha, a França e a Sérvia Montenegro.

Em 2007, Portugal voltou a qualificar-se para o torneio. Esta foi a primeira vez que o certame se realizou em ano impar. A UEFA tomou esta decisão por querer dar mais visibilidade à competição. Portugal não se conseguiu qualificar para as meias-finais, no entanto, teve ainda a oportunidade de disputar uma vaga para os jogos olímpicos, num playoff frente à - já habitual - Itália. Portugal acabou por perder nas grandes penalidades, numa seleção da qual faziam parte Miguel Veloso, Nani e João Moutinho.

Em 2015, Portugal vai participar no seu sétimo Europeu de sub-21. As 10 vitórias em outros tantos jogos na fase de qualificação fazem sonhar com o título.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.