A Federação Inglesa de Futebol (FA) planeia deixar as equipas fazerem uma quarta substituição, num ensaio que terá lugar a partir dos quartos de final da Taça de Inglaterra, revelou hoje o organismo.

“A mudança de regra, que necessita ainda da aprovação do International Board (IFAB), entidade que define as regras do jogo, permitirá às equipas que já fizeram três no tempo regulamentar que tenham mais uma no prolongamento”, explicou a FA.

O diretor-executivo da Federação, Martin Glenn, disse ainda que com a mudança para uma eliminação direta a partir dos quartos de final, sem lugar a um segundo jogo, a introdução de uma quarta substituição “trará interesse extra”.

Esta medida na Taça é a mais recente mudança que a FA quer implementar na competição, depois de ter decidido acabar com os jogos de desempate a partir dos quartos de final, com o objetivo de acelerar o calendário da prova.

Este ano, a Copa América introduziu na final uma quarta substituição, mas tanto o Chile como a Argentina não fizeram uso da medida.

No final da última época, Manchester United e Crystal Palace disputaram a final da Taça de Inglaterra, com vitória dos ‘red devils’ já no prolongamento (2-1).

O Manchester United, de José Mourinho e então treinado por Louis Van Gaal, venceu o troféu, mas viu Smalling ser expulso no tempo extra, quando as três equipas já tinham efetuado todas as alterações permitidas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.