A final da edição 2019/20 da Taça de Inglaterra deverá realiza-se em 01 de agosto, de acordo com o calendário provisório dos jogos em falta na prova hoje divulgado pela Federação inglesa de futebol (FA).

Um dia depois de ser anunciada a retoma da ‘Premier League’ para 17 de junho, a FA divulgou as datas para o regresso da mais antiga competição do futebol mundial, que teve a primeira edição há quase um século e meio, em 1871/72.

A Taça de Inglaterra, interrompida devido à pandemia de covid-19, regressará em 27 e 28 de junho, com os encontros dos quartos de final, numa altura em que já só estão em prova equipas do primeiro escalão do futebol inglês.

As meias-finais, em 11 e 12 de julho, poderão mesmo ser entre quatro dos seis ‘grandes’ de Inglaterra, se o Chelsea vencer em Leicester, o Manchester City em Newcastle, o Arsenal no reduto do Sheffield United e o Manchester United em Norwich.

Quanto à final, está prevista para 01 de agosto e, se como é tradição, fechar a temporada, isso significa que a ‘Premier League’ já estará, então, concluída, depois de nove jornadas em sete semanas.

A FA avançou as datas provisórias, mas sem confirmar os locais, pois pretendia Wembley como palco de todos os jogos, algo que poderá ‘esbarrar’ na vontade dos clubes, que não pretendem disputar os quartos de final e as meias-finais em campo neutro.

O Manchester City é o detentor do troféu, após os históricos 6-0 ao Watford na final de 2018/19, para igualar o recorde do Bury, os 6-0 ao Derby County em 1902/03, enquanto o Arsenal é o recordista de triunfos, com 13, contra 12 do Manchester United.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas – Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Os campeonatos de futebol de França, Escócia, Bélgica e dos Países Baixos foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede em Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga previsto para 03 de junho. A Liga alemã foi retomada em 16 de maio.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 357 mil mortos e infetou mais de 5,7 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 2,2 milhões de doentes foram considerados curados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.