Eliminado pelo Everton por 4-5 após prolongamento na Taça de Inglaterra, Mourinho lamentou os erros cometidos pelo Tottenham.

"Gostei da forma como assumimos o jogo. O futebol de ataque só ganha jogos quando não se cometem erros em número superior às ocasiões que criámos. Tivemos boas movimentações, marcámos golos e tivemos capacidade para lidar com a adversidade e lidar com esses erros mas não foi suficiente", começou por dizer no final da partida em declarações à BT Sports.

Num jogo impróprio para cardíacos, o técnico admitiu que se tratou de um encontro em que o Tottenham assumiu o papel de "rato e do gato".

"[Esta derrota] foi dolorosa para todos. Ficámos com a sensação que jogámos muito bem e que fomos corajosos. Fomos a melhor equipa e em cinco minutos foi erro, atrás de erro, golo atrás de golo. Lutámos, mas cometemos mais erros. Foi como o rato e o gato. O rato foram os nossos erros e o gato fomos nós a tentar compensar", acrescentou na flash.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.