O Sporting repudiou hoje os insultos racistas dirigidos no domingo à jogadora Cíntia Martins, de 14 anos, que acabou expulsa por denunciar o ato num jogo de futebol de iniciados, que opôs os ‘leões’ à Fundação Salesianos.

“Cíntia Martins, do Sporting, foi ontem [domingo] vítima de racismo por parte de adeptos adversários, durante o jogo das iniciadas. O Sporting repudia qualquer ato de racismo e está com a jogadora na luta pela igualdade. Nesta luta, nunca estarás sozinha”, escreveu o clube ‘leonino’ na rede social Twitter.

Segundo o técnico dos ‘verdes e brancos’ Paulo Conceição, a jogadora respondeu a um insulto de cariz racial, depois de várias outras ofensas durante a partida, contra uma equipa masculina, e essa resposta valeu-lhe a expulsão.

“Na altura não tinha percebido o sucedido, mas, se tivesse ouvido tal comentário, não teria continuado o jogo. Com 23 anos foi a primeira vez que me senti impotente, sem saber o que se passava e sem saber o que fazer. Nenhum sistema tático ou substituição mudava ou alterava alguma coisa”, escreveu o técnico, na rede social Facebook.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.