Pauleta, jogadora da equipa de futebol feminino do Benfica, diz estar entusiasmada com a estreia da equipa na Liga dos Campeões e que “é um sonho” poder disputar a prova mais conceituada de clubes da UEFA.

“Vai ser um jogo muito especial para todos, é um sonho poder competir na Liga dos Campeões. Estamos com muita vontade de jogar e o facto de não termos tido jogo este fim de semana dá-nos ainda mais vontade de saltar para dentro de campo e competir. A equipa está com vontade que chegue quarta feira”, revelou a médio centro espanhola, em entrevista à agência Lusa.

Depois de neste fim de semana terem sido impedidas de jogar para o campeonato, devido à impossibilidade de deslocação entre concelhos, Pauleta diz que a equipa está “confiante” e que “tem trabalhado bem nas últimas semanas”.

Sobre o confronto com o PAOK, adversário das ‘encarnadas’ nesta primeira ronda de qualificação da ‘Champions’, e que marca a estreia absoluta da equipa na prova, Pauleta considera que vai ser precisa “muita calma e experiência”.

“Vai ser um jogo muito disputado. É só um jogo, por isso vai ser uma final para as duas equipas e de certeza que vai ser difícil. A nossa equipa tem de estar unida e muito coesa para ganhar este jogo. São jogos que precisam de muita calma e experiência, em que temos de jogar tranquilas e com segurança. É um jogo que se vai decidir nos pequenos detalhes e por isso temos de estar focadas durante os 90 minutos”, sublinha a jogadora espanhola.

Em Salónica, tal como em Portugal, as bancadas vão estar ‘despidas’ de adeptos, algo que entristece a jogadora.

“É um pouco estranho. Ao fim de semana era uma festa, era para isso que trabalhávamos, jogar para os nossos adeptos. Para nós é mais triste jogar assim e não sentirmos essa paixão”, admite Pauleta, que sublinha que todos estão a cumprir as regras da DGS (Direção-Geral da Saúde) e “a fazer o melhor neste momento difícil”.

A jogadora receia que a pandemia volte a parar as competições, à semelhança do que aconteceu no final da última época, e por isso reitera que no futebol feminino todos estão a trabalhar “com responsabilidade”.

“Estamos conscientes de que a situação é difícil. A pandemia veio mudar a nossa vida, mas acima de tudo somos responsáveis e tenho a certeza de que todos cumprimos as regras, quer no futebol, quer fora do futebol, na nossa vida privada. Queremos que as competições continuem e que isto não pare. Todas as equipas em Portugal têm jogadoras responsáveis e com muita vontade de continuar a jogar, portanto cumprimos todas as regras e normas de segurança”, assegura a média das ‘águias’.

O Benfica defronta o PAOK, em jogo da primeira ronda de qualificação da Liga dos Campeões, na próxima quarta feira, em Salónica, na Grécia, a partir das 12:30.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.